sexta-feira, abril 07, 2006

Quem sai aos seus

Hoje a minha filha presenteou-me com uma birra monumental. Motivo: o pai tirou-lhe uma caneta da mão. E apesar de lhe ter oferecido em troca um belo lápis de côr, a rapariga continuou a sentir-se injustiçada. E gritou, chorou, pontapeou a cadeira (a sério), e gritou e continuou a chorar, numa exibição digna da míuda do Exorcista, embora sem blasfémias e rotações de cabeça de 360º. Bom, lá fui dizendo umas coisas parvas, que nunca pensei dizer, tipo "Estás a ser feia" e "O pai zanga-se contigo", o que teve tanto efeito como a entrada do Marcel no jogo de quarta-feira. Já não me lembro bem como, mas a miuda acabou por se calar. Por pouco tempo, contudo. No banho, lá voltaram as cenas à Exorcista, o que me fez ter pena, pela primeira vez, de não ter um crucifixo e àgua benta em casa. Cansada da gritaria e do banho, lá a consegui convencer a dar-me um beijo, em jeito de pedido de desculpa. Julgava eu o caso ultrapassado. Mas não. Não quis que eu a sentasse na cadeira, empurrando-me e apontando-me a porta da cozinha, enquanto soltava uns "Xai". A minha mulher lá a sentou e ela, estranhamente, aceitou que eu lhe desse de comer. Só que o raio da míuda nunca olhou para mim enquanto eu lhe depositava a colher na boca. Ou seja, para ela, eu fiz algo de grave e, por isso, não mereci o seu perdão.
Lembrei-me de uma cena, recordada amíude pelo meu pai, onde eu, pouco mais velho que a minha filha, mandei uma coisa qualquer para o chão da cozinha. O meu pai mandou-me apanhar, eu recusei, e ele não me deixou sair da cozinha enquanto eu não apanhasse a dita coisa. Não apanhei. Acho que chegou a apagar a luz, deixando-me às escuras. Não reclamei e não apanhei. E lá fui para a cama sem apanhar a tal coisa.

Já não bastava a míuda ter o meu focinho? Também tinha que ter o meu feitio?

NG

6 Comments:

Blogger Gaguinho said...

Nota paralela: para quem se queixava dos posts longos...

12:41 da manhã  
Blogger Elora said...

Tás tramado!

9:33 da manhã  
Blogger NG said...

gaguinho: eu sempre meu queixei dos TEUS posts longos.

elora: pois é... segundo os meus pais é uma espécie de justiça divina.

9:56 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Aposto que um dia ainda vai ter saudades da birra à Exorcista...
Gostei do posts longo :-)
A Tuga

11:06 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Very nice site!
» » »

1:10 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

best regards, nice info film editing classes

6:15 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home