domingo, maio 28, 2006

O fim da privacidade

A vida dos antigos ou era recordada por vivos ou era simplesmente esquecida. A nossa engrossa uma enorme base de dados, que regista as nossas chamadas, os nossos emails e sms, os nossos pagamentos, as nossas passagens pela via verde, o nosso DNA, etc, etc, etc. A privacidade é hoje uma excentricidade, numa sociedade em que todos querem ser (re)conhecidos. Os milhares de pretendentes a qualquer aberração televisiva que permita uns minutos de fama provam-no. Os próprios blogues também.
O que realmente me preocupa é existirem hoje condições efectivas para que o pesadelo retratado por Orwell seja facilmente posto em prática. É que o comunismo ainda anda por aí.
NG

2 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Nice idea with this site its better than most of the rubbish I come across.
»

3:32 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Hi! Just want to say what a nice site. Bye, see you soon.
»

7:18 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home