segunda-feira, fevereiro 13, 2006

Corajoso: ou se é ou não se é.

Deduzo pelas palavras de NG, que no dia em que seja convidado para ir ver um Porto - Benfica ao Dragão na bancada central reservada aos sócios, vai saltar, gritar e, quiça, soltar uns insultosinhos aos jogadores do Porto sem qualquer reserva, como se em pleno Estádio da Luz estivesse.

Mais importante do que ter liberdade de expressão, é preciso ter sensibilidade e sentido de responsabilidade para saber usá-la.